Açores são "lugar ideal para estudar"

 Açores são "lugar ideal para estudar"

 

Lusa/AO online   Regional   21 de Abr de 2015, 16:48

Rodrigo Oliveira descreveu, em Pequim, os Açores como um "laboratório natural" e "um lugar ideal para estudar", salientando que a universidade do arquipélago na área de oceanografia "é uma das melhores do mundo" em oceanografia.

 

"O arquipélago dos Açores tem uma excecional biodiversidade e é um local ideal para estudar as ciências da terra e do mar e observar alterações climáticas", disse Rodrigo Oliveira, subsecretário regional para as Relações Externas, num colóquio internacional em Pequim sobre "Migração Global e Desenvolvimento".

Apelando ao intercâmbio entre estudantes chineses e portugueses, Rodrigo Oliveira realçou também que os Açores têm "um bom ambiente político e económico" e "voos diretos entre os dois lados do Oceano Atlântico".

Outrora desabitados, os Açores "são um produto da emigração", recordou o governante açoriano: "As ilhas foram descobertas no século XIV e duzentos anos depois, os açorianos começaram também a emigrar, primeiro para o Brasil e depois para os Estados Unidos, Canadá e outros países".

"Temos 14 Casas dos Açores espalhadas pelo mundo, e apoiamos diversas organizações da diáspora na divulgação da língua e cultura portuguesas e promover, ao mesmo tempo, a sua integração nas comunidades locais", afirmou.

Já no século XXI, os Açores começaram igualmente a receber emigrantes, nomeadamente de Cabo Verde, Brasil e China.

"Tenho a certeza que o futuro dos Açores continuará a estar ligado às migrações", rematou Rodrigo Oliveira.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.