Liga Sagres

Golo solitário de Cardozo mantém Benfica na liderança

Golo solitário de Cardozo mantém Benfica na liderança

 

Lusa/AO online   Futebol   13 de Fev de 2010, 18:50

O Benfica vai continuar no primeiro lugar da Liga Sagres de futebol no final da jornada 19, depois de hoje ter vencido, em casa, o Belenenses, 'lanterna vermelha' da competição
Um Benfica cansado reforçou hoje a liderança da Liga Sagres de futebol com um triunfo caseiro, por 1-0, sobre o vizinho e ‘lanterna vermelha’ Belenenses, com um golo solitário do avançado paraguaio Oscar Cardozo.

No Estádio da Luz, o melhor marcador do campeonato assinou o seu 17.º tento na prova aos 10 minutos, golo que foi suficiente para garantir o triunfo, num encontro que os ‘encarnados’ mostraram algum défice físico, frente a uma equipa do Restelo bem organizada mas com pontaria desafinada.

Aos 70 minutos, o Benfica já tinha efectuado as três substituições permitidas (Aimar e Saviola saíram esgotados após exibições apagadas), enquanto Ramires e Cardozo foram ‘vítimas’ das regras, que não admitem mais alterações, e seguiram em campo.

Com este triunfo, o clube da Luz tem agora quatro pontos de vantagem sobre o Sporting de Braga, segundo classificado, mas tem mais dois jogos disputados.

Sem o argentino Di Maria, devido a castigo, Jorge Jesus apostou em César Peixoto na função de defesa esquerdo e fez subir Fábio Coentrão no terreno, naquela que foi a única mudança no “onze” habitual de Jorge Jesus, que fez regressar a dupla Cardozo-Saviola, depois dos dois sul-americanos terem sido poupados no jogo da Taça da Liga, com o Sporting.

Do lado do Belenenses, António Conceição reforçou o meio campo com um total de cinco jogadores e deixou sozinho na frente o brasileiro Lima.

Numa tarde à antiga no Estádio da Luz, com sol e muito público, o Benfica marcou logo aos 10 minutos, na primeira vez que chegou com perigo à baliza de Bruno Vale, com Cardozo a somar o seu 17.º golo no campeonato, após centro de Ramires da direita.

Em desvantagem, a formação do Restelo surpreendeu e tomou o controlo da partida, com muita posse de bola e demonstrando tranquilidade na construção das jogadas ofensivas, e só não chegou à igualdade devido à falta de pontaria de Fajardo, num lance que deverá fazer parte da lista dos maiores falhanços de toda a temporada.

Aos 27 minutos, o médio ‘azul’ ganhou um ressalto dentro da área ‘encarnada’ e, sem qualquer tipo de marcação, a menos de cinco metros da linha de golo e com apenas Quim pela frente, rematou muito ao lado.

Já perto de intervalo, Fábio Coentrão esteve perto de aumentar a vantagem para o Benfica mas, no frente a frente com Bruno Vale, falhou por pouco.

No regresso dos balneários, Jesus fez entrar o ex-Belenenses Weldon para o lugar de César Peixoto, fazendo recuar Fábio Coentrão, e foi do lado esquerdo que surgiu nova oportunidade de golo, desta vez com Aimar a atirar para defesa de Vale.

Com o jogo a ser disputado muito a meio campo, só aos 72 minutos é que o Benfica voltou a estar perto do segundo golo, desta vez por Weldon, mas o brasileiro não foi capaz de ‘trair’ a sua antiga equipa e atirou à figura de Bruno Vale.

Pouco depois, David Luiz, numa lance de bola parada, fez gelar o público da Luz quando esteve perto de assinar novo autogolo na Liga, mas o cabeceamento do defesa ‘canarinho’ passou ao lado da baliza de Quim.

Contudo, a revolta ‘azul’ foi de pouca dura, já que Bruno Vale viu o cartão vermelho directo por ter defendido a bola com mãos fora da área, num lance em que Cardozo seguia isolado, aos 78 minutos.

Com mais uma unidade, o Benfica tomou o controlo definitivo da partida, mas até final o máximo que conseguiu foi um cabeceamento de Weldon que falhou o alvo.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.