GNR resgata 40 pessoas no mar Egeu

GNR resgata 40 pessoas no mar Egeu

 

Lusa/AO online   Nacional   6 de Set de 2017, 15:05

A Unidade de Controlo Costeiro da GNR, que está na Grécia no âmbito da missão da agência europeia Frontex, resgatou 40 migrantes que estavam à deriva no mar Egeu numa embarcação de borracha, indicou a corporação.


Em comunicado, a Guarda Nacional Republicana adianta que o resgate dos 40 migrantes, a sua maioria de origem argelina, aconteceu na terça-feira de madrugada, tendo os militares da UCC detetado, através dos meios de visão noturna da GNR a operar em terra, uma embarcação na zona nordeste da ilha grega de Samos.

Aquela força de segurança explica que a lancha de vigilância e interceção da GNR, que patrulha o mar Egeu há mais de um ano, intercetou a embarcação de borracha à deriva que transportava 40 migrantes, incluindo uma mulher e três crianças.

Segundo a GNR, os 40 migrantes foram colocados a bordo da embarcação portuguesa e transportados até ao porto de Malagari, em Samos, onde foram entregues às autoridades locais.

Os militares da UCC da GNR estão na ilha grega de Samos a participar na operação "Poseidon" da Agência Europeia de Gestão da Cooperação Operacional nas Fronteiras Externas dos Estados-Membros da União Europeia (Frontex).

O principal objetivo desta operação é a prevenção, deteção e repressão dos ilícitos relacionados com a imigração ilegal, tráfico de seres humanos e outros crimes transfronteiriços.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.