Cimeira

G20 só vai dar mais uma foto dos líderes mundiais

G20 só vai dar mais uma foto dos líderes mundiais

 

Lusa / AO online   Economia   25 de Jun de 2010, 18:19

O próximo encontro do G20, no Canadá, vai produzir apenas mais uma tradicional foto dos líderes mundiais perfilados, segundo especialistas brasileiros.

A falta de um consenso sobre as medidas necessárias para evitar a repetição de crises económicas globais impedirá que o G20, grupo de países mais ricos e principais emergentes, tome uma decisão conjunta, dizem os analistas.

 

“O encontro vai ser bom para tirar fotos, não para coordenar uma política macroeconómica mundial porque os interesses são muito distintos”, disse à Lusa o professor de Economia da Universidade de São Paulo (USP), Simão Silber.

 

De um lado, os europeus defendem uma austeridade fiscal para conter défices e uma taxação bancária, medida criticada pelos países emergentes, que querem maior participação no Banco Mundial e no Fundo Monetário Internacional (FMI).

 

"Os BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China) e os Estados Unidos acham que é preciso retomar o crescimento com investimento, enquanto a Europa acha que tem que ter ajuste fiscal", resumiu recentemente o presidente do Brasil, Lula da Silva.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.