Natal

Furtos nas lojas aumentam na época natalícia

Furtos nas lojas aumentam na época natalícia

 

Lusa/AO online   Nacional   9 de Dez de 2010, 10:04

Os furtos nas lojas aumentam na época natalícia e devem atingir este ano 68 milhões de euros em Portugal, o que representa um crescimento de 3,2 por cento face a 2009, revela um estudo europeu independente.
O relatório “Shoplifting for Christmas 2010”, sobre furtos no Natal, indica que apesar do decréscimo de 1,6 por cento de furtos nas lojas portuguesas durante este ano, representando uma perda total de 340 milhões de euros, os roubos vão aumentar nesta época.

Os consumidores serão responsáveis por 40 milhões de euros de produtos roubados, os funcionários das lojas por mais de 23 milhões de euros, enquanto as fraudes desencadeadas ao longo da cadeia de abastecimento representam cinco milhões de euros.

O estudo, conduzido pelo centro britânico responsável pelo Barómetro Global do Furto do Retalho, prevê um aumento das quebras dos comerciantes europeus e estima que os produtos roubados totalizem 5,4 mil milhões de euros, mais 168 milhões de euros do que em 2009 (3 por cento).

Os autores do estudo dizem que apesar dos níveis de furto terem diminuído a nível global, o facto de se viver um período economicamente difícil vai estimular a tentação de sair das lojas sem pagar pelos produtos.

Bebidas alcoólicas, vestuário e acessórios de senhora, perfumes, produtos de beleza, DVD, iPOD, jogos electrónicos, relógios e alimentos típicos desta quadra festiva estão no topo das preferências.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.