México

Furacão Karl mata pelo menos 12 pessoas e manda 11 para a prisão

Furacão Karl mata pelo menos 12 pessoas e manda 11 para a prisão

 

Lusa/AO online   Internacional   21 de Set de 2010, 12:49

A passagem do furacão Karl pelo México fez pelo menos 12 mortos na região Leste, declarou o presidente mexicano, em Veracruz, onde as autoridades registaram quase um milhão de sinistrados e detiveram 11 pessoas por pilhagens.
Na segunda-feira, Felipe Calderón deslocou-se a várias aldeias da região de Veracruz inundadas, onde se comprometeu a reforçar a assistência e a segurança.

Em Veracruz, onde já foi declarado estado de emergência, mais de um terço do território está alagado desde há duas semanas e perto de um milhão de pessoas foram afectadas, incluindo 400 mil que foram transferidas para abrigos.

As autoridades mantêm-se em alerta máximo, já que a chuva continua a cair sobre as zonas montanhosas.

As pilhagens ocorreram em pequenas lojas em localidades próximas do porto de Veracruz, tendo sido detidas 11 pessoas, segundo o secretário da Segurança Pública de Veracruz, Sergio López.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.