Euro/Crise

Fundo de estabilização poderá aumentar "se necessário"

Fundo de estabilização poderá aumentar "se necessário"

 

Lusa/AO online   Economia   7 de Dez de 2010, 17:13

O presidente da União Europeia, Herman Van Rompuy, admitiu esta terça-feira a expansão, “se necessário”, do Fundo Europeu de Estabilização Financeira, mas disse que os actuais 750 mil milhões de euros são suficientes, por agora.
“Não há problemas com as verbas disponíveis no fundo e, até agora, não é necessário aumentar os valores disponíveis”, disse Van Rompuy, numa conferência de imprensa com o presidente russo Dmitry Medvedev.

“Se necessário, consideraremos [o aumento] mas isso hoje não está em questão”, acrescentou Van Rompuy, que garantiu que, “para já não há qualquer problema com os montantes disponíveis”.

Os Estados-membros da União Europeia contribuíram com 440 mil milhões de euros para o fundo, enquanto 250 mil milhões vieram do Fundo Monetário Internacional e 60 mil milhões de verbas da Comissão Europeia.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.