Fundo da zona euro já recebeu pedido de novo programa de resgate


 

Lusa/AO Online   Economia   8 de Jul de 2015, 11:31

O fundo de resgate da zona euro já recebeu o pedido formal da Grécia de um terceiro programa de ajuda financeira, de acordo com fonte oficial, citada pelas agências de notícias.

Segundo a agência de notícias France Presse, o pedido foi feito para um novo programa a três anos. No entanto, o Mecanismo Europeu de Estabilidade ainda não deu informou oficialmente dos detalhes do pedido.

Apesar de na terça-feira o presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, ter dito que – após esse pedido chegar ao Mecanismo Europeu de Estabilidade – seria convocado “de imediato” uma reunião por teleconferência dos ministros das Finanças da zona euro para ser dado início ao processo de avaliação desse pedido, fonte comunitária disse à Lusa que o que está previsto agora é apenas uma reunião do grupo de trabalho do Eurogrupo, composto pelos 'números 2' dos ministérios das Finanças, a ser realizada ao início da tarde.

O pedido formal de ajuda do Governo grego ao fundo de resgate do euro é o primeiro passo exigido pelos líderes das instituições da zona euro para aceitarem avaliar um terceiro pacote de resgate para Atenas.

Para obter a nova ajuda, o Executivo liderado por Alexis Tsipras tem ainda de apresentar até quinta-feira à noite propostas concretas de reformas que está disposto a executar em troca do novo pacote financeiro.

Essas medidas serão avaliadas pela Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional para ver da sua credibilidade.

Tudo isto deverá acontecer até domingo, quando está já marcada uma nova cimeira, naquele que se considera ser o verdadeiro ‘Dia D’ para a Grécia.

"Temos cinco dias para chegar a um acordo definitivo. Tenho de dizer alto e bom som que o prazo final é esta semana", disse terça-feira o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk.

Já o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, admitiu pela primeira vez que o executivo comunitário tem um "cenário de 'Grexit' preparado em detalhe".

Se houver um acordo até domingo quanto às medidas a adotar pela Grécia em troca de novas medidas, haverá uma cimeira só da zona euro, para dar o apoio político a um terceiro resgate à Grécia.

Se não houver acordo, haverá uma cimeira com os chefes de Estado e de Governo dos 28 países da União Europeia, neste caso para avaliar as consequências no espaço comunitário de um 'Grexit' e preparar um plano de ajuda humanitária a Atenas.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.