Fundador do PURP assinala "boa votação" do partido


 

Lusa/AO online   Nacional   4 de Out de 2015, 23:00

O fundador do Partido Unido dos Reformados e Pensionistas (PURP) considerou este domingo ter conseguido uma "boa votação" para aquela força política e prometeu "bons resultados no futuro" quando

“Lutámos sem meios, sem dinheiro, portanto acho que é uma boa votação mesmo assim”, disse à Lusa António Mateus Dias, fundador do PURP, quando estavam apuradas 99,81% das freguesias e davam 0,25% dos votos àquele partido.

Mateus Dias garantiu que “o PURP é para continuar”, antevendo que “quando for conhecido vai ter uns bons resultados no futuro”.

“Em princípio para o ano haverá eleições, não há maioria absoluta, nós vamo-nos começar a organizar. Vamos já começar a preparar o futuro”, disse.

Mateus Dias assinalou ainda que “o PURP é um partido que não é conhecido ainda a nível nacional, foi legalizado há dois meses” pelo que os 13.260 votos contabilizados representam “uma vitória”.

Referiu ainda que “os reformados, embora tenham pago a austeridade, ainda não estão mentalizados que existe o PURP”.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.