África do Sul

Funcionários públicos suspendem greve a partir de terça-feira


 

Lusa/AO online   Internacional   6 de Set de 2010, 18:41

Mais de 1,5 milhões de funcionários públicos que esta segunda-feira entraram na quarta semana de uma greve do sector decidiram suspender a paralisação a partir de terça-feira, refere um comunicado conjunto dos sindicatos do funcionalismo.
“Os sindicatos decidiram suspender a greve mas esta decisão não significa que aceitamos a mais recente oferta de aumentos salariais feito pelo Governo”, pode ler-se num comunicado distribuído há minutos e subscrito pelas 19 organizações sindicais que decretaram a paralisação há 21 dias.

A última proposta do Governo, que foi debatida pelas estruturas sindicais das nove províncias nos últimos dias e sujeita a voto, é de 7,5 por cento de aumentos e fixação do subsídio de habitação nos 800 randes (86,9 euros) mensais, enquanto os sindicatos continuam a exigir 8,6 por cento de aumento e mil randes (108,6 euros) de subsídio de renda de casa por mês.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.