Funcionárias públicas acusadas de desviar 1,3 milhões de euros

Funcionárias públicas acusadas de desviar 1,3 milhões de euros

 

AOnline   Regional   5 de Nov de 2017, 00:00

Três funcionárias do Fundo Regional de Apoio à Coesão foram acusadas pelo Ministério Público da autoria dos crimes de peculato e falsidade informática. Julgamento vai começar em janeiro.

"Animação turística sem regulamentos atualizados" é o título de uma reportagem que aborda o crescimento da atividade deste setor nos Açores e identifica a necessidade de reforçar a qualidade e segurança nas empresas de animação turística.

Agente da Polícia Municipal suspeito de peculato.

PSP vai multar estacionamentos irregulares no Hospital.

Empresários pedem mais investimento no turismo.

Santa Clara recebe Leixões em duelo de candidatos.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.