França restabelece controlo das fronteiras durante um mês

França restabelece controlo das fronteiras durante um mês

 

Lusa/AO online   Internacional   13 de Nov de 2015, 16:59

França restabeleceu hoje e durante o próximo mês o controlo das fronteiras, por ocasião da conferência das Nações Unidas sobre as alterações climáticas (COP21), que decorre em Paris de 30 de novembro a 11 de dezembro.

 

O Ministério do Interior francês, que anunciou a medida no princípio deste mês, justificou os controlos devido ao "contexto de ameaças terroristas ou de risco de alteração da ordem pública", num momento em que vão estar presentes na cidade vários chefes de Estado e de governo e numerosas delegações.

De acordo com o ministro Bernard Cazeneuve, "não se trata de suspender Schengen", dado que os acordos permitem aos Estados a reposição dos controlos de fronteiras "em circunstâncias especiais".

O Governo francês mobilizou 30 mil agentes e vai executar os controlos em 285 pontos situados em estações de transportes terrestres, aeroportos e autoestradas.

O porta-voz do ministério, Pierre-Henry Brandet, sublinhou que os controlos aleatórios são restabelecidos não só devido à ameaça terrorista, como também para travar ativistas radicais que podem desencadear confrontos nas grandes manifestações previstas.

Paris lembrou que este tipo de medidas já foram tomadas em outros países em cimeiras anteriores, acrescentando que dez dias antes do início da conferência vão ser reforçados os controlos e quatro dias antes vão passar a ser "mais sistemáticos".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.