Trabalho

Formação é a regalia mais importante para os portugueses

Formação é a regalia mais importante para os portugueses

 

Lusa/AO online   Economia   30 de Ago de 2010, 18:32

Mais de metade dos trabalhadores portugueses considera que a formação é o benefício mais importante, que pode ser atribuído pelos seus empregadores, a seguir ao salário, segundo um estudo internacional divulgado esta segunda-feira.
O estudo Kelly Global Workforce Índex, da empresa de gestão de recursos humanos Kelly Services, baseou-se em questionários aplicados a 134 mil trabalhadores, dos quais mais de 16 mil portugueses, a propósito do tema “Benefícios e Regalias.

O inquérito revelou que, para 54 por cento dos portugueses, a formação é a regalia mais importante, seguindo-se os benefícios de saúde e flexibilidade de horário (14 por cento), viatura da empresa (6 por cento), benefícios de reforma e dias de férias/tempo livre (4 por cento), possibilidade de trabalhar à distância (3 por cento) e, por fim, seguro de vida (um por cento).

Os benefícios de saúde considerados mais atractivos pelos trabalhadores portugueses foram o seguro de saúde (66 por cento), frequência de ginásios ou descontos (13 por cento), exames médicos na empresa (11 por cento) e o exercício na empresa (7 por cento).

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.