Foco de poluição por combustível em Santa Maria circunscrito com sucesso


 

Lusa/AO Online   Regional   9 de Set de 2014, 13:03

Um foco de poluição por combustível, no perímetro do aeroporto de Santa Maria, nos Açores, foi circunscrito com sucesso, anunciou hoje o Governo Regional, acrescentando que o abastecimento público de água não foi afetado.

De acordo com o gabinete de imprensa do Governo dos Açores, a origem deste foco de poluição estava "numa caixa de conduta de águas pluviais situada junto às instalações da Central Termoelétrica de Santa Maria", segundo identificaram técnicos da direção regional e da Inspeção Regional do Ambiente.

"As barreiras antipoluição que foram colocadas a jusante deste foco de poluição logo que foi identificado permitiram evitar a sua propagação no sentido da linha de costa, tendo sido também já confirmado que o troço poluído não comunica com aquíferos utilizados para o abastecimento público de água", adianta ainda o Governo regional.

A mesma fonte salienta que "os meios mobilizados pelo Governo dos Açores, através da Secretaria Regional da Agricultura e Ambiente, em conjunto com a ANA, permitiram circunscrever com sucesso" o foco "detetado numa vala de drenagem de águas pluviais no perímetro do Aeroporto".

O executivo açoriano acrescenta ainda que a Eletricidade dos Açores (EDA) foi notificada e foi realizada na segunda-feira uma vistoria às instalações daquela central termoelétrica.

Já hoje devem chegar a Santa Maria "técnicos que vão desencadear o processo de limpeza das áreas contaminadas, que estão confinadas ao troço da Ribeira Seca dentro da Zona Franca e do perímetro do Aeroporto" e "o processo de descontaminação será acompanhado pelas Direção Regional e pela Inspeção Regional do Ambiente".

Contactada pela Lusa, a elétrica açoriana disse não ter mais nada a acrescentar sobre a situação.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.