Ensino

FNE e Governo negoceiam início das aulas de português no estrangeiro


 

Lusa / AO online   Nacional   12 de Abr de 2010, 11:52

A Federação Nacional da Educação (FNE) reúne-se esta segunda-feira com o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, António Braga, para negociar o arranque do próximo ano lectivo do Ensino do Português no Estrangeiro e a avaliação dos professores.
Num comunicado, a FNE indica que vai apresentar as suas "apreensões e discordâncias em relação ao enquadramento do concurso para o próximo ano" lectivo.

O Governo está a negociar o início do próximo ano escolar no estrangeiro e a avaliação dos professores com os sindicatos.

Na terça-feira, o Sindicato dos Professores no Estrangeiro (SPE), agregado à FENPROF - Federação Nacional de Professores, criticou o Governo por voltar a adiar a abertura do concurso para a colocação de docentes no estrangeiro sem dar qualquer explicação.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.