Finanças

Fisco exige pagamento de um milhão de euros à Liga


 

Lusa/Ao online   Nacional   12 de Dez de 2007, 08:21

O fisco exige que a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) pague um milhão de euros em IVA e IRC pela inscrição e transferências de jogadores e à actividade do organismo, noticia hoje o Jornal de Negócios (JdN).
Segundo o jornal, no final do ano passado uma inspecção das Finanças às contas da Liga detectou operações de inscrição e transferência de jogadores, médicos e outros agentes desportivos às quais, segundo as autoridades, devia ter sido tributado IVA, o que não aconteceu.

    As contas do Fisco relativamente aos exercícios de 2003/2004 e 2004/2005 dão conta de uma dívida próxima de um milhão de euros, 762 mil euros de IVA e 36 mil euros de IRC, este último "no âmbito da actividade normal" da Liga, escreve o jornal.

    Sobre a dívida existe já um processo de execução fiscal, tendo a Liga sido obrigada a prestar uma garantia bancária no valor de "quase um milhão de euros" para o suspender "e assim poder continuar a defender juridicamente a sua posição em matéria fiscal", disse ao JnD fonte do organismo presidido por Hermínio Loureiro.

    A Liga entende que a inscrição e transferência de jogadores, treinadores, médicos e outros agentes desportivos "são operações básicas e fundamentais nas competições desportivas" e como tal não se encontram sujeitas a IVA, acrescenta o jornal.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.