China

Fim da greve na Toyota de Tianjin


 

Lusa / AO online   Economia   21 de Jun de 2010, 11:40

Os grevistas de uma fábrica da Toyota em Tianjin, norte da China, voltaram ao trabalho no domingo, depois de a companhia ter acordado um aumento salarial de 13 por cento, disse esta segunda-feira o jornal China Daily.
O fim da greve na Toyota Gosei (TG) foi anunciado pelo gabinete de imprensa do governo de Tianjin, um município directamente dependente do governo central, com o estatuto igual ao Pequim, Xangai e Chongqing.

A TG, criada há 15 anos, tem cerca de 1300 trabalhadores, que ganhavam em média 1500 por mês (180 euros).

A greve, de três dias, foi convocada no início “através da Internet”, refere o China Daily.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.