Festival junta as artes à observação de aves durante uma semana no Pico

Festival junta as artes à observação de aves durante uma semana no Pico

 

AOnline/LUSA   Regional   4 de Nov de 2017, 10:27

Passeios em semirrígido, massagens ao ar livre, uma exposição fotográfica, 'workshops' e programas para crianças são algumas das atividades do I Azores Birdwatching Arts Festival, a partir de segunda-feira, no Pico, para dar visibilidade a uma atividade em crescimento nos Açores.

"É um festival de observação de aves, mas apresentado através das artes. Além de viagens pela natureza para observação das aves, vamos apreender muito mais sobre esta temática e sobre este desporto, passatempo ou até mesmo uma profissão para muitas pessoas no mundo, através das artes", afirmou o diretor artístico da MiratecArts, Terry Costa..

A associação promove, entre os dias 06 e 12, no Pico, o primeiro Azores Birdwatching Arts Festival, uma iniciativa que aposta na observação de aves através de várias atividades culturais artísticas durante uma semana.

A localização geográfica dos Açores, a meio caminho entre a América e a Europa, faz do arquipélago o primeiro ponto de paragem de várias aves nos seus fluxos migratórios e local privilegiado para os primeiros avistamentos.

O diretor artístico da associação explicou que entre as atividades do festival constam vários passeios em semirrígido, massagens ao ar livre em propriedades onde existam muitos pássaros, havendo ainda programas para crianças para as sensibilizar para as questões relacionadas com a natureza.

“Utilizamos a arte e os artistas para assim apresentarem a temática da observação de aves através da arte”, sublinhou Terry Costa, acrescentando que a programação integra ainda um 'workshop' de João Tavares de iniciação à ilustração de aves e uma exposição do fotógrafo picoense Pedro Silva sobre pássaros e a apresentação do filme "O Ornitólogo", de João Pedro Rodrigues, no Museu dos Baleeiros.

Trata-se de um filme que recebeu mais de 30 nomeações e prémios nacionais e internacionais.

O diretor artístico da MiratecArts destacou que passam pelos Açores "muitas aves únicas que ficam na região por algum tempo", salientando que a observação de aves nas ilhas "é uma atividade que tem crescido".

O festival arranca segunda-feira, no Museu dos Baleeiros, nas Lajes do Pico, pelas 21:00, com a inauguração da exposição fotográfica "Birds by Pedro Silva", seguindo-se uma conferência de Ricardo Ceia, da Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SDEA) sobre "15 anos trabalhando pela conservação das aves nos Açores".



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.