Festival de curtas portuguesas em New Bedford

Festival de curtas portuguesas em New Bedford

 

Lusa/AO online   Cultura e Social   17 de Set de 2014, 17:51

Dezassete filmes realizados em Portugal e no estrangeiro por realizadores portugueses serão exibidos, na quinta-feira em New Bedford, durante o New York Portuguese Short Film Festival, uma iniciativa do Arte Institute.

 

Estes filmes, que já foram exibidos em Nova Iorque, nos Cinemas Tribeca, em Lisboa e em Cascais, serão agora apresentados em New Bedford, no museu de baleação desta cidade norte americana.

"A oportunidade de levar o festival a New Bedford surgiu da vontade do Arte Institute de querer expandir a sua atividade e programação nos EUA para além de Nova Iorque e de Nova Jérsia", explicou a diretora do Arte Institute, Ana Ventura Miranda, à agência Lusa.

A responsável diz que a organização tem desenvolvido parcerias com alguns consulados portugueses, como o de New Bedford e Califórnia nos EUA ou o do Rio de Janeiro no Brasil, "onde os cônsules têm uma visão e dinamismo que se alinha" com a organização.

O júri, que selecionou estes filmes a partir de 110 candidatos, contou com personalidades do meio cinematográfico português, brasileiro e americano, tais como a produtora Lynda Hansen, os realizadores Rui Simões, Francisco Manso e Mário Patrocínio e o 'blogger' Carlos Filipe Freitas.

Ana Ventura Miranda acredita que, ao longo dos quatro anos edições do festival, "construiu-se um público para o cinema português, mas também uma marca para o mesmo, em que as longas-metragens que o Arte vem apresentando ao longo do ano, como foi o caso da "Gaiola Dourada", no MoMA, ajudam a cimentar".

Até ao final do ano, e principio do próximo, o festival vai ainda chegar a São Francisco, Providence, Brasil, Reino Unido, Angola, Africa do Sul, Canadá, França, Austrália, Inglaterra e Polónia.

"Esta quarta edição do NY Portuguese Short Film Festival vai ser a maior mostra de sempre do festival, tanto nos Estados Unidos, como internacionalmente", garantiu Ana Ventura Miranda.

"Todos os anos temos acrescentado mais países às edições porque o nosso objetivo é levar o trabalho destes novos realizadores além-fronteiras para que que possam ser convidados por outros programadores e festivais internacionais", disse Miranda.

O New York Portuguese Short Film Festival foi o primeiro festival de cinema português a chegar aos Estados Unidos.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.