Festival de artes Azores Fringe homenageia escritor Dias de Melo

Festival de artes Azores Fringe homenageia escritor Dias de Melo

 

Lusa/AO Online   Regional   19 de Mai de 2015, 13:25

Um encontro de escritores açorianos que pretende homenagear Dias de Melo integra a terceira edição do festival de artes Azores Fringe, uma iniciativa da MiratecArts, que decorre de 29 de maio a 30 de junho.

“O primeiro encontro [do Azores Fringe], que acontece de 29 a 31 de maio, é o evento ‘Pedras Negras’, que conta com escritores açorianos que vão estar na ilha do Pico. Este ano, o encontro tem como tema ‘Pedras Negras’ porque o escritor Dias de Melo, se estivesse connosco, faria 90 anos”, declarou hoje à agência Lusa o diretor artístico do festival, Terry Costa.

Dias de Melo, natural da ilha do Pico, considerado um dos maiores expoentes da literatura produzida nos Açores, dedicou a sua carreira literária à baleação, tendo sido “Pedras Negras” a sua obra de maior projeção.

Na terceira edição do festival, a organização conseguiu realizar parcerias em sete ilhas dos Açores, através do desenho, da pintura, do teatro, música e dança, entre outras formas de expressão artística.

Terry Costa referiu que o Azores Fringe deste ano vai integrar 110 eventos e destaca, ainda no âmbito desta iniciativa, que conta com apoios privados e dos governos da República e dos Açores, uma iniciativa de ilustradores, a par de projetos comunitários abertos ao público, como o tricô, que mobiliza 40 pessoas.

“O projeto final visa a realização de uma peça de arte pública que estará em exposição nas ruas da Madalena do Pico”, afirmou.

O Festival Jazz Fringe contempla também um dia dedicado à família, no Jardim dos Maroiços, na Madalena do Pico, e o Skate Park, a par da secção do ‘SHORTS@FRINGE’, que apresenta 134 curtas-metragens, com sessões em sete ilhas.

Terry Costa considerou que a participação no festival “continua a crescer, com 188 artistas e arte que chega aos Açores de 36 países”.

O responsável pelo evento, que nasceu e tem o seu epicentro na ilha do Pico, explicou que o Azores Fringe é um festival internacional de artes em que quem se quiser envolver faz as suas propostas, que posteriormente são trabalhadas em conjunto com a organização, visando a criação da programação.

“O nosso objetivo como organização é envolver cada vez mais ilhas que têm menos atividade artística durante o ano, existindo uma programação um pouco diferente daquilo que é mais tradicional nos Açores”, declarou Terry Costa.

O Festival Azores Fringe integra a rede Fringe Alliance e contempla uma multiplicidade de manifestações artísticas em todo o planeta.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.