Ferro Rodrigues lamenta morte de Domingues Azevedo, um "amigo do parlamento"


 

AO/Lusa   Economia   11 de Set de 2016, 19:30

O Presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, lamentou hoje o falecimento do bastonário da Ordem dos Contabilistas Certificados, Domingues Azevedo, um "amigo do parlamento".

 

"Faleceu Domingues Azevedo, antigo deputado, alma da Ordem dos Contabilistas Certificados, alguém que sempre se bateu pela justiça fiscal. O parlamento perde um amigo. À família, amigos e aos membros da Ordem, expresso a minha solidariedade e as minhas sentidas condolências", diz nota de pesar de Ferro Rodrigues enviada à agência Lusa.

António Domingues de Azevedo tinha 66 anos e faleceu em Famalicão, onde nasceu e vivia, "vítima de doença prolongada", de acordo com nota da Ordem dos Contabilistas Certificados.

Domingues Azevedo liderava há 20 anos os destinos da entidade que regula a profissão de técnicos oficiais de contas, agora designados de contabilistas certificados, e foi o primeiro bastonário da instituição.

Foi ainda deputado pelo Partido Socialista (PS) na Assembleia da República entre 1983 e 1995 e autor do projeto-lei que regulamentou a profissão de Técnico Oficial de Contas.

A concelhia de Vila Nova de Famalicão do PS, em comunicado, considerou Domingues de Azevedo "um grande homem e um grande socialista", acrescentando que vai deixar "saudades e um legado inegável no nosso concelho e no nosso país."


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.