Ferro Rodrigues espera que haja capacidade nacional e do BCE para travar taxas de juro

Ferro Rodrigues espera que haja capacidade nacional e do BCE para travar taxas de juro

 

Lusa/Açoriano Oriental   Economia   6 de Jan de 2017, 13:56

O presidente da Assembleia da República afirmou hoje esperar que haja capacidade das autoridades portuguesas e do Banco Central Europeu (BCE) para travar o aumento das taxas de juro, para o qual, defendeu, Portugal em nada contribuiu.

 

Eduardo Ferro Rodrigues abordou este assunto durante a apresentação de cumprimentos de ano novo da Assembleia da República ao Presidente da República, na Sala do Embaixadores do Palácio de Belém, declarando: "Em 2017 também vamos ter certamente muitos problemas".

"Começou já com esta situação em que a debilidade e a vulnerabilidade de Portugal - do seu sistema financeiro, da economia e da situação do país - estão bem à vista com as subidas das taxas de juro, para as quais nada contribuímos, nos últimos dias. Mas em que se espera que haja da parte do BCE e das autoridades portuguesas a capacidade de travar esta situação", acrescentou.

Nesta cerimónia, Ferro Rodrigues esteva acompanhado pelos vice-presidentes e secretários da Mesa da Assembleia da República e pelos líderes parlamentares, que depois almoçaram com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, no Palácio de Belém.

Entre os problemas que se vão colocar em 2017, o presidente da Assembleia da República incluiu também a entrada em funções da nova administração norte-americana e as eleições que se vão realizar na Europa.

"Todos estamos conscientes dessas dificuldades, desses perigos, desses problemas. Mas estamos disponíveis, como o senhor Presidente da República teve ocasião de dizer, para continuar a fazer o que foi bem feito, e para tentar ir mais longe nos aspetos que permitam perspetivas de consensos interpartidários e de consensos nacionais", afirmou.

Ferro Rodrigues desejou a Marcelo Rebelo de Sousa um ano de 2017 "muito feliz, com muita saúde, muita determinação e boa disposição".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.