Fenprof rejeita que professores sejam avaliados ao abrigo do regime simplificado


 

Lusa / AO online   Nacional   18 de Fev de 2010, 17:30

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) recusa que os docentes contratados ou classificados com "Regular" ou "Insuficiente" sejam este ano avaliados ao abrigo do modelo simplificado de 2009, acrescentando que tal não foi abordado com os sindicatos.
Segundo a Fenprof, as direcções regionais de educação informaram as escolas de que os docentes contratados, classificados anteriormente com "regular" ou insuficiente", ou para efeitos de renovação de contrato, entre outros, deveriam este ano ser avaliados ao abrigo do regime simplificado aplicado o ano passado.

"Refere a Nota Informativa, logo a abrir, que tal procedimento ocorre na sequência do Acordo de Princípios assinado a 8 de Janeiro de 2010, pelo Ministério da Educação e as organizações sindicais", lê-se num oficio da federação enviado hoje ao secretário de Estado Adjunto e da Educação.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.