Pescas

Federação critica falta de capacidade de descarga e armazenamento do pescado

Federação critica falta de capacidade de descarga e armazenamento do pescado

 

Lusa / AO online   Regional   17 de Ago de 2010, 17:52

A Federação das Pescas dos Açores denunciou esta terça-feira a “completa incapacidade” da Lotaçor e do executivo regional em garantir a descarga e o armazenamento do pescado nas ilhas de Santa Maria, S. Miguel e Faial.
Segundo a federação, a situação está a afectar os pescadores “há mais de uma semana”, frisando que o problema afecta as embarcações que se dedicam à pesca do atum e as que pescam peixe de fundo.

“É inadmissível que a classe piscatória seja afectada no inverno pelo mau tempo e, no verão, seja obrigada a parar ou reduzir a actividade pela falta de infra-estruturas disponíveis”, refere a federação num comunicado hoje distribuído.

Para esta estrutura, o caso “mais grave” ocorre em S. Miguel, onde se concentram cerca de 40 por cento das capturas e 50 por cento dos trabalhadores dependentes da pesca.

Nesta ilha, segundo a Federação das Pescas dos Açores, “não existe qualquer estrutura pública de frio, obrigando os atuneiros de maior dimensão” a descarregar no Pico, com os consequentes aumentos de custos que isso envolve.

A federação pretende que a Lotaçor e o executivo tomem medidas para evitar que o problema se repita, recordando que este “é terceiro ano que esta situação se verifica nas ilhas de S. Miguel e Santa Maria”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.