Fed explica que descida do dólar visa estimular economia


 

Lusa/AO online   Economia   16 de Nov de 2010, 10:27

A política monetária do banco central dos Estados Unidos (Fed) não visa baixar o valor do dólar mas estimular o crescimento da economia, assegurou hoje o responsável nova-iorquino da Fed, William Dudley, numa entrevista ao New York Times.
“Não temos objectivos de empurrar o dólar para cima ou para baixo”, garantiu, adiantando que "a meta é facilitar as condições financeiras e estimular um crescimento económico mais forte e um crescimento do emprego mais rápido”.

William Dudley adiantou ainda que a Fed só vai conseguir alterar esta política monetária daqui a “vários anos”.

A mesma ideia foi também defendida pela vice-presidente da Fed, Janey Yellen, no Wall Street Journal, apesar de vários países europeus e asiáticos terem criticado o plano de relançamento económico norte-americano, que implica a injecção de mais 600 mil milhões de dólares na economia.

Os Estados Unidos são acusados de querer enfraquecer deliberadamente a taxa de câmbio do dólar para ganhar competitividade face aos seus concorrentes.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.