Taça de Portugal

FC Porto vence Moreirense com golo solitário de Falcao

FC Porto vence Moreirense com golo solitário de Falcao

 

Lusa/AOnline   Futebol   21 de Nov de 2010, 18:32

O FC Porto, líder da Liga principal, qualificou-se para os oitavos-de-final da Taça de Portugal de futebol, ao vencer pela margem mínima (1-0) no reduto do Moreirense, da Liga Orangina.

A defesa minhota esteve irrepreensível durante mais de 70 minutos, mas o colombiano Falcao, que até começou no banco, fez respirar de alívio os portistas, com o único tento da noite, na recarga a um remate à barra de Belluschi.

Além do entusiasmo normal que uma partida da Taça trás a Moreira de Cónegos – localidade que desde 2005 não recebia a visita dos chamados "grandes" do futebol português, altura em que os minhotos disputavam a Liga principal –, frente a frente esteve um FC Porto invencível e um Moreirense, até aqui, invencível em casa.

Primeira parte pobre, com mais posse de bola, sem surpresas, para o FC Porto. Mas, esperava-se mais do líder da Liga, que só ameaçou, realmente, a baliza de Roberto Tigrão após a primeira meia hora, por intermédio de Hulk: remate rasteiro para fora (31 minutos) e cruzamento pela esquerda (42).

E os minhotos até podiam ter ido para o intervalo em vantagem já que Antchouet, já nos descontos, numa recarga ao livre cobrado por Castro, chegou a meter a bola na baliza de Beto. Pedro Baptista considerou que o gabonês estava em posição irregular.

Antes, aos 43 minutos, Belluchi, numa jogada combinada com Walter, protagonizou a principal oportunidade de golo do FC Porto, mas a bola foi para fora.

No segundo tempo, os portistas começaram a acusar a pressão do "nulo", que Ukra quase desfazia através de um cabeceamento que Tigrão encaixou (46 minutos). Moutinho também tentou (61), com um remate forte de fora da área, mas André Micael aliviou. O Moreirense foi obrigado a encostar-se à defesa sem registar grande iniciativa atacante, à excepção de um remate de Renato Santos ao lado (63 minutos).

O golo dos "azuis e brancos" surgiu com naturalidade, por intermédio de Falcao, aos 75 minutos. O colombiano encostou, após remate à trave de Belluschi.

Foi a vez do FC Porto se encostar à defesa para garantir a passagem à próxima eliminatória da Taça de Portugal. O Moreirense caiu, mas deu luta.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.