Desporto

FC Barcelona devora "peixe" e alarga domínio à escala planetária

FC Barcelona devora "peixe" e alarga domínio à escala planetária

 

LUSA/AOnline   Futebol   18 de Dez de 2011, 12:40

O FC Barcelona sagrou-se hoje campeão do Mundo de clubes de futebol, após minimizar os brasileiros do Santos, com uma goleada por 4-0, no jogo decisivo da competição.

O “astro” argentino Lionel Messi deu vantagem à formação espanhola, campeã da Europa, logo aos 17 minutos, com um “chapéu” ao guarda-redes Rafael Cabral, após assistência de Xavi que, sete minutos depois, dilataria a vantagem, após passe de Dani Alves.

O “peixe” só apareceu no encontro aos 29 minutos, mas não foi além de um remate de Borges, à figura de Valdes, naquela que foi a melhor iniciativa de um inoperante Santos, que, durante a primeira parte, nunca conseguiu retirar o domínio catalão.

Imediatamente, os comandados de Guardiola responderam, por Fabregas, com o envio de uma bola ao poste da baliza de Rafael Cabral. Mas, o médio espanhol só chegaria ao golo aos 45 minutos, após um lance de insistência na área do Santos.

Na segunda parte, a formação orientada por Muricy Ramalho contou com a permissividade catalã para subir no terreno e conseguir mais posse de bola, mas o melhor que conseguiu foi um remate de Neymar, aos 60 minutos, para uma defesa com as pernas de Valdes.

Assim, foi o FC Barcelona que capitalizou a ousadia brasileira para dar ao resultado contornos de goleada, com o segundo tento na partida de Messi, a oito minutos do final, numa altura em que já estavam em campo Ibson, ex-FC Porto, e Alan Kardec, ex-Benfica.

Com esta vitória sobre os campeões sul-americanos, o FC Barcelona juntou o Mundial de clubes às conquistas da Liga dos Campeões, Supertaça europeia e Liga espanhola, na última temporada. Antes, o Al Sadd conquistou o terceiro lugar na competição ao bater o Kashiwa Reysol, por 5-3, no desempate através de grandes penalidades.

Jogo disputado no Jogo no Estádio Nissan, em Yokohama (Japão).

Santos – FC Barcelona, 0-4.

Marcadores:

0-1, Messi, 17 minutos.

0-2, Xavi, 24.

0-3, Fabregas, 45.

0-4, Messi, 82.

- Santos: Rafael Cabral, Danilo (Elano, 31), Edu Dracena, Bruno Rodrigo, Durval, Henrique, Arouca, Leo, Ganso (Ibson, 83), Neymar e Borges (Alan Kardec, 78).

- FC Barcelona: Valdes, Dani Alves, Pique (Mascherano, 56), Puyol (Fontas, 85), Abidal, Busquets, Xavi, Thiago (Pedro, 78), Iniesta, Fabregas e Messi.

Árbitro: Ravshan Irmatov (Uzbequistão).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Piqué (38), Mascherano (70), Ganso (72) e Edu Drácena (73).

Assistência: 68.166 espetadores.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.