Fausto Brito e Abreu destaca importância da certificação do sistema HACCP nas lotas

Regional /

1352 visualizações   

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia destacou esta terça-feira a importância da renovação da certificação do Sistema HACCP (Hazard Analysis and Critical Control Points), implementado em 10 lotas e em três entrepostos da Região, para uma maior confiança dos consumidores e valorização do pescado dos Açores.
 

"Esta certificação, por um lado, traz confiança aos consumidores e, por outro, é mais uma garantia da qualidade do nosso peixe", afirmou Fausto Brito e Abreu, salientando que “a rede regional de lotas e de frio, congelação e armazenamento tem um papel essencial na valorização do pescado dos Açores e tem sido objeto de vários investimentos do Governo dos Açores".

 

A Associação Portuguesa de Certificação (APCER), pelo sétimo ano consecutivo, considerou que estão reunidas as condições necessárias, de acordo com o ‘Codex Alimentarius’, para a renovação do Sistema de Segurança Alimentar implementado nas lotas e entrepostos de frio geridos pela Lotaçor.

 

No âmbito da primeira venda de pescado fresco, encontram-se certificadas nos Açores as lotas de Rabo de Peixe e Ponta Delgada (São Miguel), São Mateus e Praia da Vitória (Terceira), Praia (Graciosa), Velas (São Jorge), Madalena (Pico), Horta (Faial), Santa Cruz (Flores) e Corvo.

 

No que se refere à congelação e conservação de pescado congelado pela Lotaçor, estão certificados nos Açores os entrepostos de Vila do Porto (Santa Maria), Madalena (Pico) e Lajes das Flores.