Fatura da Sorte dá certificados do tesouro em vez de carros a partir de 01 de abril


 

Lusa/AO Online   Nacional   4 de Mar de 2016, 09:31

O sorteio Fatura da Sorte vai passar a dar Certificados do Tesouro Poupança Mais (CTPM), em vez de automóveis, a partir de 01 de abril, segundo um decreto-lei do Ministério das Finanças, hoje publicado em Diário da República.

 

“A mudança do prémio para produtos de poupança, além de se traduzir numa simplificação dos procedimentos, tem ainda a virtualidade de estimular o aforro das famílias e promover os produtos de poupança do Estado, mantendo o desiderato da promoção da cidadania fiscal dos contribuintes no combate à economia informal e na prevenção da evasão fiscal”, justifica o Governo naquele diploma.

Outra razão da mudança de prémio, alega o executivo, é a “natureza” do prémio automóvel não ser “a mais adequada, quer na sua dimensão simbólica, quer quanto à efetiva utilidade” para os premiados.

A atribuição do automóvel aos contribuintes premiados com o sorteio teve lugar durante quase dois anos, desde abril de 2014, quando o sorteio teve início.

Os novos prémios de CTPM a atribuir aos vencedores do sorteio passam, no entanto, a ter um valor equivalente ao do prémio automóvel, que ronda os 40 mil euros.

O sorteio Fatura da Sorte foi criado pelo governo de Passos Coelho para incentivar os contribuintes a pedirem fatura.

No ano passado, foram sorteados 52 automóveis de gama alta e, no final do ano, ainda mais três automóveis Audi A6 no sorteio extraordinário de 30 de dezembro.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.