Taça de Portugal

Faltou eficácia para evitar festa da Taça alentejana

Faltou eficácia para evitar festa da Taça alentejana

 

Arthur Melo   Futebol   17 de Out de 2010, 19:47

Mais uma vez os encarnados de Ponta Delgada voltaram a pecar no capítulo da finalização e ficaram pelo caminho na terceira ronda da Taça de Portugal

O Santa Clara caiu aos pés do Juventude de Évora por uma bola a zero, em partida da terceira eliminatória da Taça de Portugal em futebol.
No essencial, os encarnados de Ponta Delgada apenas se podem queixar de si próprios, mormente a sua falta de eficácia para materializar com golos a superioridade evidenciada ao longo de toda a partida.
O Juventude de Évora, um dos líderes da II Divisão Zona Sul, continua com o registo de ainda não ter perdido um jogo nesta temporada e defendeu a magra vantagem no marcador com todas as suas armas, terminando o encontro reduzido a dez elementos, depois do central Tiago Pires ter sido expulso.

 

Leia esta notícia na íntegra na edição impressa do Açoriano Oriental do dia 18 de Outubro de 2010


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.