Política

"Falta de coordenação" gera instabilidade no sector agrícola

"Falta de coordenação" gera instabilidade no sector agrícola

 

Lusa/AO online   Regional   12 de Nov de 2010, 14:47

A presidente do PSD/Açores, Berta Cabral, denunciou a “falta de coordenação ao nível do governo” regional, que está a provocar uma “grande instabilidade” no sector agrícola.
“Não se percebe muito bem quem manda em quê”, afirmou Berta Cabral no final de um encontro com a Associação Agrícola de S. Miguel, realizada no quadro da preparação da discussão do plano e orçamento para 2011.

A líder regional social democrata referia-se ao que considerou ser a “concorrência desleal” da açucareira SINAGA relativamente aos terrenos para pastagens e forragem.

Em causa está o facto de a açucareira estar a oferecer valores elevados para que os terrenos passem a ser utilizados para o cultivo de beterraba, o que pode levar alguns agricultores a abandonar a actividade no sector leiteiro, além de estar a gerar conflitos entre agricultores e senhorios.

As críticas de Berta Cabral resultam de a gestão da SINAGA estar sob a tutela de uma secretaria regional e a actividade agrícola depender de outra, que, alegadamente, estarão “descoordenadas”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.