Faleceu o presidente da Federação Argentina de Futebol


 

Lusa/AO Online   Futebol   30 de Jul de 2014, 17:51

O presidente da Federação Argentina de Futebol (AFA), Julio Grondona, faleceu esta quarta-feira numa clínica de Buenos Aires, horas depois de ter sido internado devido a uma insuficiência cardíaca.

 

O também vice-presidente da FIFA tinha 82 anos de idade e, segundo fontes hospitalares, morreu às 12:50 (15:50 em Portugal continental), após ter dado entrada de emergência numa clínica da capital argentina.

O líder federativo faleceu no mesmo dia em que está prevista uma conferência de imprensa por parte de Alejandro Sabella, durante a qual deveria anunciar o abandono do comando técnico da seleção argentina.

Ao dirigente foi diagnosticado um aneurisma na artéria aorta e ia ser operado de urgência, mas acabou por sucumbir durante o pré-operatório, falecendo de uma paragem cardiorrespiratória antes de entrar no bloco.

Nascido a 18 de setembro de 1931, Grondona iniciou a sua carreira como dirigente desportivo do Arsenal de Sarandí, clube que fundou com o irmão.

Em 1976, tornou-se presidente do Independiente, no qual conquistou dois títulos argentinos, antes de, três anos depois, assumir a liderança da AFA, cargo que manteve durante 35 anos.

Em 1988, entrou para o Comité Executivo da FIFA, sendo que atualmente era um dos vice-presidentes do suíço Joseph Blatter.

 

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.