Economia

Exploração de algas e gestão de zonas balneares são novas áreas de investimento


 

Lusa/AO online   Regional   28 de Out de 2011, 18:32

O director regional dos Assuntos do Mar do Governo Regional apontou a exploração de algas em larga escala e a gestão de zonas balneares como exemplos de novas actividades a desenvolver por privados no arquipélago.
Na abertura, em Ponta Delgada, do Fórum Economia do Mar, promovido pela Câmara de Comércio e Indústria local, Frederico Cardigos referiu como outras áreas abertas à iniciativa privada a utilização de botes baleeiros em passeios turísticos ou a instalação de unidades de produção “off-shore” de energia eólica em águas açorianas.

Sobre a eventual gestão de zonas balneares por privados nas ilhas, disse que por iniciativa do Governo Regional parte da praia do Porto Pim, no Faial, está já abrangida por esse regime.

“Três dezenas de zonas balneares dos Açores ombreiam com o que de melhor se oferece a nível nacional. Talvez esteja no momento de passar para a gestão privada algumas delas”, declarou Frederico Cardigos.

O director regional dos Assuntos do Mar realçou também as oportunidades abertas ao privados em matéria de exploração de minérios que se encontram no fundo dos mares do arquipélago, “com destaque para sulfuretos, com elevadas concentrações de cobre, zinco, chumbo e talvez ouro e prata”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.