Executivo açoriano elogia criação de 6 mil postos de trabalho em apenas um ano

Executivo açoriano elogia criação de 6 mil postos de trabalho em apenas um ano

 

Lusa/AO Online   Regional   5 de Ago de 2015, 18:34

O presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro destacou a "capacidade de criação de emprego" por parte do executivo açoriano adiantando que, em apenas um ano, a Região criou 6 mil postos de trabalho.

 

"Se nós tomarmos como referência os dados de 2014, isso significa que, no espaço de um ano, aproximadamente, a economia da nossa Região foi capaz de gerar quase 6 mil empregos, isso é bastante significativo quer em termos do nosso posicionamento no país quer em termos regionais", sublinhou Vasco Cordeiro.

O presidente do executivo açoriano referia-se aos dados hoje divulgados pelo INE -Instituto Nacional de Estatística - que revelavam que os Açores registaram uma taxa de desemprego de 11,3% no segundo trimestre de 2015, estando abaixo da média do país (11,9%) e registando a maior descida homóloga.

"Em termos trimestrais, desde 1998 que não tínhamos uma criação tão acentuada de emprego na Região e, em termos homólogos, desde 2001", salientou Vasco Cordeiro.

O presidente do Governo Regional garantiu que todos os sectores de atividade estão a criar postos do trabalho apesar de reconhecer que o turismo "tem dado naturalmente um contributo importante".

"Desde novembro que estamos a crescer no turismo à volta de dois dígitos, o que é significativo em termos de dormidas”, afirmou, acrescentando que o Governo litou bastante por uma media, que finalmente concretizou, que é alteração do modelo de acessibilidade aérea. “Obviamente que isso veio dar um contributo importante", sublinhou.

Satisfeito pela taxa de desemprego ser "bastante inferior" àquela que existia quando este Governo tomou posse, Vasco Cordeiro promete que o executivo vai "continuar a trabalhar para melhorar esses números".

"Nós não podemos esquecer, que ainda hoje, mesmo com estes números, há açorianos que estão na sua casa e não têm emprego", afirmou.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.