EUA

Executado homem que matou pescador em 1996


 

Lusa/AO online   Internacional   15 de Out de 2010, 12:05

Um homem condenado em 1996 pelo homicídio de um pescador no Estado americano de Oklahoma foi executado quinta-feira enquanto monges budistas cantavam dentro da câmara de execução.
Donald Ray Wackerly, 41 anos, recebeu uma injecção letal na penitenciária do Estado de Oklahoma e foi pronunciado morto às 06:12 locais.

Convertido ao budismo, Donald Ray Wackerly requereu que dois conselheiros espirituais fossem testemunhas da sua morte e os monges iam recitando o cântico “mm mani padme hum” durante a execução à qual assistiram também os seus advogados.

Após o acordo dos responsáveis da prisão, o conselheiro espiritual de Donald Ray Wackerly foi autorizado a permanecer do quarto e proceder a rituais ligados à morte.

Donald Ray Wackerly foi condenado à morte por ter sido considerado culpado de ter assassinado a tiro um pescador de 51 anos durante um assalto, tendo atingido a vítima entre sete a nove vezes em várias partes do corpo.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.