Eurodeputados portugueses manifestam-se contra politicas de Sarkozy


 

Lusa/AO On line   Nacional   7 de Set de 2010, 06:33

Vários eurodeputados portugueses criticaram, em Estrasburgo, a forma como a França expulsou este verão centenas de pessoas de etnia cigana para a Roménia e a Bulgária.O Parlamento Europeu vai debater hoje da parte da tarde a eventual violação das regras europeias sobre liberdade de circulação e direitos fundamentais e votará uma resolução sobre este assunto na quarta feira
.

Para a socialista Ana Gomes trata-se de um problema europeu que afeta não só a França mas vários outros Estados-membros.

“Estão a ser violados não apenas o direito europeu mas também valores europeus essenciais como os direitos humanos e a liberdade de circulação”, sublinhou Ana Gomes.

O social-democrata Carlos Coelho admite que o que a França fez “tem cobertura legal” mas critica “a forma como está a ser feito” esse repatriamento.

A França está “a alimentar-se num discurso xenófobo e racista, está a generalizar, está a confundir imigração com criminalidade”, declarou Carlos Coelho.

Para o eurodeputado independente eleito nas listas do Bloco de Esquerda Rui Tavares, “de hoje para amanhã, outros países podem” começar a fazer como a França.

“Não se pode fazer um alvo de uma minoria étnica”, defendeu Rui Tavares.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.