Euro sobe após publicação de dados do mercado laboral dos EUA

Euro sobe após publicação de dados do mercado laboral dos EUA

 

Lusa/AO Online   Economia   2 de Out de 2015, 19:11

O euro subiu hoje, com o dólar penalizado após a publicação dos números mensais do mercado laboral norte-americano que apontam para um abrandamento na criação de emprego.

Cerca das 18:00 (hora de Lisboa), o euro seguia a 1,1239 dólares, quando na quinta-feira negociava a 1,1194 dólares.

A economia norte-americana criou 142 mil empregos em setembro, um número considerado dececionante, mas a taxa de desemprego manteve-se em 5,1%, segundo dados do Departamento do Trabalho divulgados hoje.

As previsões dos analistas apontavam para a criação de 205 mil novos postos de trabalho, um número bastante superior ao divulgado, o que pode levar a Reserva Federal, banco central norte-americano, a adiar uma subida das taxas de juro que tem sido apontada como provável até ao final do ano.

Uma subida das taxas de juro nos Estados Unidos tornará o dólar mais atrativo para os investidores.

O Banco Central Europeu (BCE) fixou hoje a taxa de câmbio de referência do euro em 1,1160 dólares.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.