Euro/Crise

Euro é moeda credível e não está em crise

Euro é moeda credível e não está em crise

 

Lusa/AO online   Economia   3 de Dez de 2010, 11:02

O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, garantiu esta sexta-feira que o euro é "credível" e não está "em crise enquanto moeda".
"Temos uma moeda que é credível (...). Não há crise do euro como moeda", afirmou aos microfones da rádio francesa RTL.

Jean-Claude Trichet reconheceu que a Europa atravessa “problemas de instabilidade financeira", que se deve a "uma crise orçamental em alguns países europeus", e frisou que o BCE decidiu, na quinta-feira, continuar a alimentar os bancos comerciais com toda a liquidez de que necessitem até Junho do próximo ano.

No mesmo dia, em conferência de imprensa, Jean-Claude Trichet garantiu que a entidade monetária vai manter os empréstimos com taxas de juro fixas e colocação plena nas operações de refinanciamento semanais, mensais e nas que vencem no prazo de três meses.

O Conselho de Governadores do BCE decidiu “continuar com as suas operações principais de refinanciamento [semanais] e com as operações com prazo de um mês a taxa fixa, com colocação do necessário até pelo menos 12 de Abril de 2011”, disse Trichet na conferência de imprensa, em Frankfurt.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.