EUA vão anunciar novos limites aos programas de espionagem

EUA vão anunciar novos limites aos programas de espionagem

 

Lusa/AO online   Internacional   3 de Fev de 2015, 16:59

Os Estados Unidos vão anunciar novos limites aos programas de espionagem interna e externa revelados pelo ex-analista informático Edward Snowden, informou a Casa Branca.

 

A principal assessora do presidente Barack Obama para a luta contra o terrorismo, Lisa Monaco, anunciou num comunicado a publicação, hoje, de um relatório sobre os “progressos substanciais” realizados na reforma dos programas da Agência de Segurança Nacional (NSA) proposta por Obama em janeiro de 2014.

Segundo avançaram alguns meios de comunicação, Obama vai pedir à NSA a destruição da informação sobre cidadãos norte-americanos e estrangeiros que não for relevante para a segurança nacional ao fim de cinco anos sobre a data em que foi recolhida.

As novas regras vão também impor uma revisão regular dos critérios usados para escolher os alvos de espionagem no estrangeiro, os quais só devem ser objeto de espionagem quando representarem “risco potencial para os interesses nacionais”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.