EUA levantam proibição de entrada de portadores de VIH no País

EUA  levantam  proibição de entrada de portadores de VIH no País

 

Lusa/AO Online   Internacional   4 de Jan de 2010, 09:33

Os Estados Unidos levantaram hoje a proibição de entrada no país de estrangeiros infectados com o vírus da SIDA, há 22 anos em vigor, de acordo com o departamento de Estado norte-americano.

A medida foi anunciada em outubro passado pelo presidente Barack Obama, mas só hoje entrou em vigor e foi divulgada no sítio electrónico do Departamento de Estado norte-americano.

A figura de infectado com VIH já não figura na lista de doenças obrigatórias a declarar ao Governo norte-americano, quando de um pedido de visto de entrada nos Estados Unidos, e também não será objecto de testes médicos antes de viajar para aquele país, de acordo com o regulamento aprovado a 2 de novembro passado.

Até hoje, os seropositivos necessitavam de uma autorização especial do departamento governamental de saúde para entrar em território norte-americano.

O presidente Barack Obama afirmou anteriormente que se os Estados Unidos pretendem ser "líder global na luta contra a SIDA e contra o vírus da imunodeficiência humana, terão que actuar como tal".

Os Estados Unidos eram um dos países, entre cerca de uma dezena, que proibia a entrada de pessoas infectadas pelo vírus VIH, medida que impossibilitou a realização de vários congressos sobre a doença.

A proibição foi implementada em 1987, numa época de fraco conhecimento sobre a síndroma, e em que o seu tratamento não havia alcançado a eficácia dos dias de hoje.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.