EUA garantem que não vão sair nem diminuir presença nas Lajes

EUA garantem que não vão sair nem diminuir presença nas Lajes

 

Lusa/AO Online   Regional   4 de Mai de 2017, 15:39

A encarregada de negócios da embaixada dos Estados Unidos em Lisboa, Herro Mustafa, garantiu hoje que os militares norte-americanos não vão sair nem diminuir a sua presença na Base Aérea das Lajes, nos Açores.

"Em absoluto, não! Não estamos a pensar em sair nem em diminuir a nossa presença na [Base das] Lajes. Em absoluto! Anunciámos recentemente que iríamos fazer um investimento de nove milhões de dólares em projetos de modernização nas Lajes. Continuamos a pensar em formas de renovar, mesmo diminuindo o número de pessoal, no interior da base", disse a diplomata norte-americana aos jornalistas no final de um almoço organizado pela Câmara do Comércio Americana em Portugal.

Herro Mustafa também referiu que os Estados Unidos estão a trabalhar com o Governo Regional dos Açores e com o Governo português para "expandir a colaboração na região" em projetos no exterior da base.

"Já estive três vezes nos Açores, em ilhas diferentes, encontrei-me com os vossos ministros e discutimos formas de melhorar a nossa colaboração. Temos uma lista de projetos sobre os quais concordámos em trabalhar em conjunto", disse a responsável.

Herro Mustafa é ministra Conselheira da Embaixada Americana em Lisboa desde julho de 2016, tendo assumido o cargo de Encarregada de Negócios em janeiro deste ano.

Em janeiro de 2015 os EUA anunciaram que iriam proceder a uma redução gradual dos trabalhadores portugueses na base das Lajes, de 900 para 400 pessoas e que os civis e militares norte-americanos iriam passar de 650 para 165.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.