EUA desmentem fim do mundo a 21 de dezembro

EUA desmentem fim do mundo a 21 de dezembro

 

Lusa/AO online   Internacional   4 de Dez de 2012, 09:32

O Governo dos Estados Unidos desmentiu esta terça-feira que o mundo acabe no dia 21 de dezembro ou em "qualquer dia de 2012", segundo informação na página eletrónica USA.gov, que responde às perguntas dos cidadãos.

Alguns cidadãos recorreram às mais altas instâncias para saber se a previsão do calendário maia era correta.

Antes já alguns cientistas tinham dito que a previsão maia é mal entendida por algumas pessoas.

No último ano apareceram alguns teóricos que apontam que a civilização maia previu o fim do mundo em dezembro para toda a humanidade, enquanto outros dizem que essa data representa um ciclo e invoca o início de uma era.

A data é 21 de dezembro de 2012, dia em que ocorre o solstício anual de inverno, e em que se concluirá um ciclo de mais de 5.000 anos do antigo calendário Maia.

Não haverá catástrofes, um meteorito não vai acabar com a Terra, nem um planeta não detetado até agora [o vai fazer], assegurou o Governo, são só "falsos rumores" alimentados na internet.

"Muitos desses rumores indicam que o calendário maia termina em 2012 (não acontecerá), um cometa que causa efeitos catastróficos (definitivamente não), um planeta desconhecido que colide com o nosso (não e não), e muitos outros", indica o Governo.

"Infelizmente, muitas pessoas têm medo destes rumores, especialmente as crianças", lamentou o blog, ao assinalar que a NASA recebeu mais de 1.000 cartas com perguntas sobre o assunto.

A NASA colocou à disposição do público um endereço eletrónico sob o título "Beyond 2012: Why the World Won't End" (Além de 2012: Porque o mundo não vai acabar), em que cientistas desmitificam estes rumores.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.