Espanha

ETA terá de depor armas incondicionalmente diz Zapatero

ETA terá de depor armas incondicionalmente diz Zapatero

 

Lusa / AO online   Internacional   30 de Jul de 2010, 18:29

O primeiro-ministro espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, declarou esta sexta-feira que o grupo separatista basco ETA tem como destino depor armas sem condições.
A ETA "tem um único destino: depor armas sem nenhuma condição", disse Zapatero numa conferência de imprensa em Madrid.

O grupo não deve "esperar nada em troca, nada", insistiu o responsável socialista, questionado sobre a possibilidade de um novo processo de negociações, depois do fracasso do processo de paz de 2006.

Nos últimos dois anos, vários dirigentes e activistas da ETA foram detidos, o que tem enfraquecido o grupo, considerado uma organização terrorista pela União Europeia e apontado como responsável pela morte de 829 pessoas em 40 anos de luta violenta pela independência do País Basco.

A ETA não cometeu nenhum atentado em Espanha desde Agosto de 2009 e especialistas na questão basca têm avançado a possibilidade de ser anunciada uma trégua oficial, após a aproximação do Batasuna, braço político do grupo, ilegalizado, e o partido independentista basco não violento Eusko Alkartasuna, tendo em vista as eleições locais de 2011.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.