Cinema

Estúdios Metro Goldwyn Mayer declaram falência


 

Lusa/AO online   Internacional   4 de Nov de 2010, 17:35

Os estúdios de cinema Metro Goldwyn Mayer (MGM), cuja história em Hollywood remonta aos anos 1920, declararam oficialmente a falência, revelou a publicação The Hollywood Reporter.
A empresa, que acumula dívidas superiores a quatro mil milhões de dólares (2,8 mil milhões de euros), entregou na quarta-feira num tribunal em Nova Iorque um documento estratégico para a reestruturação dos estúdios, depois de saldado o processo de bancarrota.

Na semana passada, os credores da MGM, entre os quais a empresa de produção de cinema Lionsgate, decidiram aprovar um plano para perdoar a dívida em troca de uma posição accionista quando os estúdios forem reestruturados.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.