Mau tempo

Estrada continua obstruída na ilha das Flores

Estrada continua obstruída na ilha das Flores

 

Lusa/AO online   Regional   3 de Dez de 2010, 16:22

O mau tempo que se faz sentir na ilha das Flores provocou nas últimas horas dois deslizamentos de terras na mesma zona onde ocorreu um ao início da manhã que está a obstruir a estrada de acesso à Fajãzinha.
O presidente do Serviço Regional de Protecção Civil e Bombeiros dos Açores, Pedro Carvalho, afirmou que "a situação está controlada, dentro do possível, e a segurança das pessoas está salvaguardada".

“Algumas pessoas da Fajãzinha estão na escola primária por uma questão de precaução, porque chove muito”, acrescentou.

A localidade, onde vivem "aproximadamente 60 pessoas", está inacessível a veículos automóveis desde o primeiro, e maior, deslizamento de terras, apenas sendo possível o acesso a pé.

"O deslizamento deixou a localidade isolada, mas não há registo de ter soterrado nenhuma casa, não havendo também registo de qualquer vítima", afirmou Pedro Carvalho, salientando que estão no local elementos e meios da Secretaria Regional da Ciência, Tecnologia e Equipamentos e da Câmara das Lajes das Flores, além de efectivos da PSP, GNR e bombeiros.

Pedro Carvalho frisou que está a ser feita uma avaliação com vista à abertura de um acesso alternativo, tendo apelado à população para que adopte as precauções habituais tendo em conta as condições meteorológicas.

O mau tempo que se regista no arquipélago dos Açores provocou a queda de várias árvores, uma inundação e alguns acidentes de viação em S. Miguel, S. Jorge e Santa Maria, mas todas estas situações já estão resolvidas, segundo revelou o presidente da Protecção Civil.

Relativamente às ligações aéreas entre as ilhas dos Açores, o porta-voz da SATA, José Gamboa, disse à Lusa que a operação decorre até ao momento com normalidade, registando-se apenas alguns atrasos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.