PT/Vivo

Estado veta venda da Vivo contra vontade dos accionistas

Estado veta venda da Vivo contra vontade dos accionistas

 

Lusa / AO online   Economia   30 de Jun de 2010, 12:19

O representante da posição estatal na Portugal Telecom (PT) anunciou na assembleia geral que votou contra a venda da Vivo à espanhola Telefónica utilizando a 'golden share'.
Apesar de a maioria dos accionistas terem dado luz verde à venda, o presidente da mesa da assembleia geral (AG) deu como terminados os trabalhos depois de ter aceitado o voto contra do Estado que inviabiliza, para já, o negócio.

Para tal, o Governo utilizou a 'golden share' (500 acções de classe A) que permite vetar decisões estratégicas para a empresa.

O conselho de administração da PT, liderado por Henrique Granadeiro e Zeinal Bava, sempre entendeu, juridicamente, que nesta operação não deveria haver recurso à 'golden share'.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.