Estado em falta com 300 mil euros às Lajes do Pico

Estado em falta com 300 mil euros às Lajes do Pico

 

Miguel B. Mota/RJC   Regional   12 de Jan de 2016, 18:16

Uma visita de João Castro ao município das Lajes do Pico permitiu que a autarquia notificasse o deputado socialista açoriano à Assembleia da República com algumas questões que têm carecido da atenção do Governo central.


De entre seis pontos - em que uma nota de imprensa municipal destaca  os problemas apreciados durante o encontro, bem como as propostas para a sua resolução  - a questão dos investimentos municipais no âmbito do Programa PITER salienta um incumprimento no pagamento de 300 mil euros por parte da Secretaria de Estado do Turismo do Ministério da Economia.
Segundo a mesma fonte, o município das Lajes do Pico candidatou os investimentos da recuperação da antiga fábrica da baleia e do Forte de Santa Catarina aos apoios do programa PITER, não tendo recebido, até à data, as verbas confirmadas.
Contudo - faz saber a mesma nota - terá ficado acordado agendar proximamente uma reunião com a secretária de Estado do Turismo para diligenciar a regularização da situação.
Durante a visita, foram ainda postas em evidência a necessidade transferir os serviços da PSP e das Finanças do Convento dos Franciscanos (onde estão atualmente) para os edifícios da GNR e Auditório Municipal, respetivamente.
Foi também possível no decorrer do encontro fazer um ponto de situação das obras de requalificação da frente marítima da vila das Lajes, propor a instalação da fibra ótica em todo o concelho e apresentar a intenção de candidatura das “Lajes do Pico, Capital da Cultura da Baleia” a Património da Humanidade classificado pela Unesco.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.