Estado deve aos presidentes de junta oito meses de salário

Estado deve aos presidentes de junta oito meses de salário

 

Lusa/AO Online   Nacional   27 de Ago de 2010, 12:09

Os cinco milhões de euros aprovados no Orçamento do Estado para 2010 para os vencimentos dos presidentes das juntas de freguesia a tempo inteiro "ainda não foram pagos", disse à Lusa o presidente da ANAFRE.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da Associação Nacional de Freguesias (ANAFRE), Armando Vieira, garantiu que as verbas "ainda não foram pagas, embora tenham sido aprovadas pela Assembleia da República".

Fonte oficial do ministério das Finanças disse à Lusa que “a verba consta do Orçamento do Estado e o ministério não colocou nem coloca qualquer oposição à disponibilização da verba orçamental que está afeta ao pagamento dos presidentes de Juntas de Freguesia”.

Por sua vez, a secretaria de Estado da Administração Local confirmou que as verbas ainda não foram pagas, argumentando que o valor "é manifestamente insuficiente para o pagamento de todos os elementos das Juntas de Freguesia abrangidos pelo regime de Permanência".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.