Cuba

Especialista duvida que Fidel tenha admitido fracasso do modelo económico


 

Lusa/AO online   Internacional   9 de Set de 2010, 18:21

Jaime Suchlicki, especialista em assuntos cubanos da Universidade de Miami, manifestou esta quinta-feira dúvidas quanto à afirmação de Fidel Castro de que o modelo cubano já não funciona e considerou que, a ser exacta, precisa de ser concretizada.
"Ou está louco ou senil. Isto não parece de todo algo que Castro dissesse”, afirmou o académico e consultor do governo norte-americano, nascido em Cuba mas a residir na Florida, onde dirige o centro de estudos cubanos da Universidade de Miami, citado pelo jornal Miami Herald.

“Mas se ele foi citado com precisão, então acho que compreendeu, como todas as outras pessoas, que os governos marxistas-leninistas não funcionam. E a verdadeira questão é: o que é que vai fazer acerca disso agora? Vai introduzir mudanças em Cuba visto que o modelo cubano não funciona?”, acrescentou.

Em Miami, onde reside uma importante comunidade cubana exilada, o Miami Herald ouviu várias pessoas, entre as quais o próprio Goldberg, que afirma ao jornal acreditar que se tratou de “um reconhecimento honesto da parte dele de que o irmão tem de reordenar o sistema económico cubano para manter a ilha à tona”.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.