Espaço aéreo dos Açores reabre ao meio dia

Espaço aéreo dos Açores reabre ao meio dia

 

Lusa/AO Online   Regional   12 de Mai de 2010, 06:51

A transportadora aérea açoriana SATA vai retomar às 12:00 (13:00 em Lisboa) as ligações entre as ilhas dos Açores e com o continente, na sequência da melhoria das condições provocadas pela nuvem de cinzas vulcânicas.

Com a abertura do espaço aéreo dos Açores, a SATA prevê realizar 62 voos extraordinários nos próximos dias para transportar todos os passageiros que ficaram retidos nos últimos dias em vários aeroportos.

Nas ligações entre as ilhas do arquipélago estão previstos 34 voos extraordinários, a que se juntam mais seis na Madeira, também operados pela SATA Air Açores.

Quanto à SATA Internacional, que assegura as ligações com o exterior, estão previstos 22 voos extraordinários, entre as quais se encontram as ligações Lisboa/Ponta Delgada/Lisboa, Lisboa/Ponta Delgada/Boston, Lisboa/Ponta Delgada/Toronto e Lisboa/Funchal/Lisboa.

Para todos os voos extraordinários, a SATA vai dar prioridade de embarque em função da data do cancelamento do voo original de cada passageiro.

Na sequência dos constrangimentos provocados pela nuvem de cinzas vulcânicas, a SATA cancelou todos os seus voos desde o princípio da tarde de sábado, tendo apenas realizado 12 ligações numa pequena abertura do espaço aéreo entre as 18:00 e as 24:00 de segunda feira.

Desta forma, os primeiros a embarcar nos voos extraordinários serão os passageiros afetados pelos cancelados no sábado, seguindo-se os que viram os voos cancelados no domingo, depois os de segunda feira e, finalmente, os passageiros dos voos cancelados na terça feira.

A SATA assegura que todos os passageiros que vão viajar nos voos extraordinários que se realizam durante o dia de hoje estão a ser contactados pelos serviços de call center da empresa, pelo que apela a que os passageiros não se desloquem para os aeroportos se não forem contactados previamente para esse efeito.

O vulcão islandês Eyjafjöll entrou em erupção a 21 de março, tendo provocado uma nuvem de cinzas que afetou o movimento aéreo no espaço europeu e, depois de um abrandamento, a actividade voltou a intensificar-se na passada quinta feira à noite.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.